domingo, 7 de outubro de 2007

Chá e Economia Solidária

Lembra quando a vovó dizia que um "cházinho" curaria aquela dor na barriga, na cabeça, no braço, onde fosse? Não era lenda. Muitas plantas criadas no próprio quintal de casa podem sim curar diversas doenças. Acreditando no poder dessas plantinhas foi que o Grupo Vida Nova, da Associação Vovó Anália, em Itajaí (Santa Catarina), passou a trabalhar com a fitoterapia e a fabricação de diversos produtos de base natural, beneficiando mais de cem crianças e adultos da Comunidade São Francisco de Assis. Criado há mais de cinco anos, o Grupo Vida Nova oferece às 105 crianças e adolescentes atendidos pelo projeto aulas de reforço escolar e musical, além de ofertar oficinas de capacitação, nas quais os jovens aprendem a produzir artefatos que são comercializados no Centro Público de Economia Solidária de Itajaí. "Não é trabalho infantil", faz questão de ressaltar a coordenadora do Grupo Nova Vida, irmã Valci Ferreira.
Ela explica que as oficinas são ofertadas aos jovens maiores de 12 anos e às 20 mães de alunos que também são atendidas pelo Grupo. As atividades são uma forma de capacitá-los e gerar uma renda mínima para o grupo, já que todos eles são provenientes de famílias carentes. Para garantir a continuação na educação formal, uma das exigências do Grupo é que a criança esteja na escola, já que ali serve apenas como um reforço educacional e uma preparação para a profissionalização.
De sabonetes medicinais a crochê, de tudo um pouco é produzido na Associação. Sem financiamentos oficiais, o Grupo Nova Vida se sustenta apenas com doações e com a realização de eventos e bazares para arrecadar dinheiro. "Não ficamos esperando cair do céu, nós vamos atrás", diz a coordenadora.
Fonte Adital

Um comentário:

Naturalnaturalmente disse...

Gostei tanto do seu post, que acrescentei o seu blog no meus "link´s inteligentes". Parabens
www.medicinasnaturais.blogspot.com
Natural naturalmente